3 questões relevantes na escolha de um bom contador para o seu minimercado

Veja aqui dicas que vão ajudar você a escolher um bom contador para seu negócio, auxiliando nas tarefas burocráticas, tributárias e financeiras.

Mulher gerenciando um negócio

Uma das áreas mais importantes para a saúde da empresa é a contabilidade, por isso, é fundamental escolher um bom contador. Quer saber como? Confira nossas dicas!

Diferente do que alguns (maus) gestores ainda pensam, contratar os serviços de um contador não é uma opção, mas uma necessidade. Empresas de pequeno a grande porte precisam contar com o serviço, orientação e consultoria de um bom escritório contábil.

No caso de um minimercado, existem questões que são próprias do ramo alimentício e burocracias que exigem atenção e conhecimento para não haver erros, como a tributação de produtos, cálculo de impostos e emissão de NFC-e, por exemplo.

A seguir, vamos abordar mais sobre essas questões e sobre a contabilidade para minimercado. Confira!

Entenda como a contabilidade pode ajudar o seu minimercado

Serviços de um contador.
Serviços de um contador. Imagem: blbbrasil.com.br.

O trabalho de um contador vai muito além de calcular impostos, embora isso também seja uma de suas funções.

Um bom contador oferece um serviço completo, que abrange questões burocráticas, planejamento tributário para pagar menos impostos e orientação para que você possa tomar decisões financeiras corretas.

Os atributos de um bom contador são muitos, por isso, preparamos o artigo que fala sobre Serviços prestados por um escritório contábil. Leia e fique por dentro!

Para um minimercado, a contabilidade é fundamental na hora de lidar com gerenciamento de estoque, notas fiscais dos fornecedores, tributação correta dos produtos, organização financeira e pagamento dos devidos impostos.

Aliás, com um bom contador, o seu minimercado não corre o risco de pagar impostos a mais ou menos, e isso é importante para ficar sempre em dia com a Receita Federal.

Então, um contador ajudará seu minimercado em todas as questões burocráticas, tributárias e financeiras, prestando uma consultoria responsável e sendo um amigo importante para o sucesso do seu negócio. 

Agora, vamos abordar 3 questões relevantes para você saber como escolher um bom contador para o seu minimercado. Não perca essas dicas valiosas!

#1 – Toda empresa precisa de um contador?

Talvez essa seja uma das questões que ainda geram dúvidas para você. Mas a resposta é sim, toda empresa precisa de um contador.

Segundo o artigo 1.179 do Código Civil, toda empresa é obrigada a ter escrituração contábil de suas movimentações, realizada sob responsabilidade de um contador legalmente habilitado, com registro no CRC (Conselho Regional de Contabilidade). 

Sobre a necessidade de contratar os serviços de um contador, a única exceção é feita para empresas com enquadramento no Microempreendedor Individual (MEI).

Estas estão dispensadas da obrigatoriedade de contratar um profissional de contabilidade, embora ainda seja importante para o bom funcionamento da empresa.

#2 – Preciso conferir a idoneidade do contador?

Como citamos no tópico anterior, na hora de escolher um contador para o seu minimercado, é fundamental checar se o profissional está devidamente registrado no CRC (Conselho Regional de Contabilidade).

Para que o profissional obtenha tal registro, deve contar com formação técnica ou curso superior em contabilidade.

Fazer essa checagem é algo muito simples de ser feito. Basta entrar no site do CRC do seu estado, escolher a forma de pesquisa (profissional ou sociedade contábil/empresário) e consultar o nome do contador ou do escritório. Em poucos segundos, deve aparecer na tela se aquele profissional ou empresa está habilitado para prestar serviços contábeis. 

O registro ativo garante a idoneidade do contador e/ou escritório de contabilidade.

Assim, a contabilidade do seu minimercado estará em mãos confiáveis e você terá menos preocupações em sua rotina, deixando as questões contábeis sob responsabilidade do contador.

#3 – O contador tem alguma responsabilidade legal?

Sim! Ele pode responder judicialmente, caso cometa erros em algum aspecto da contabilidade. Um dos problemas mais comuns, que um contador ruim acaba cometendo, é a falta de pagamento de algum imposto.

Uma guia que não foi gerada ou que foi gerada com erro de cálculo, por exemplo, são responsabilidades próprias do contador. Sendo assim, os juros e multas provenientes desses erros ficam a cargo do contador ou escritório contábil.

Algo que você pode ter certeza é que o seu minimercado terá uma contabilidade garantida e com proteção legal e judicial quanto a erros contábeis. Se você escolher um bom contador para o seu minimercado, não precisará se preocupar com isso, afinal, o serviço prestado será de extrema qualidade e confiabilidade.

Confira também as nossas 5 dicas para fazer o seu minimercado crescer!

Conclusão

Com o que aprendeu neste artigo, você já está pronto para escolher um bom contador. Conte com os serviços contábeis para gerar mais crescimento ao seu minimercado.

1 I like it
0 I don't like it

Equipe Factor bio.