Planejamento Financeiro: separando as contas pessoais das contas da empresa

Entenda como separar as contas pessoais das contas da empresa. E porque o planejamento financeiro é importante. Descubra!

Ilustração com elementos de um planejamento financeiro

Muitos empresários não possuem uma rotina organizada em seu financeiro e essa imprudência leva ao descuido com as finanças empresariais e pessoais, cometendo um dos grandes erros de má gestão que é misturar as duas finanças.

Esta prática, muito comum em empresas de pequeno e médio porte, tem sido responsável por levar muitas empresas à falência. Afinal, o planejamento financeiro determina muito o sucesso da empresa.

Com o objetivo de esclarecer melhor este assunto e ajudar você a ter uma educação financeira mais alinhada, vamos compartilhar com você nosso conhecimento e consultoria. Aproveite!

Por que devo separar as finanças pessoais e empresariais?

Ilustração de um cofre em formato de porquinho, escrito pessoal x empresa
Orçamento pessoal X contas da empresa

É muito importante que você entenda o porquê deve manter uma boa organização financeira, principalmente se tratando de gastos pessoais.

A separação das finanças permite acompanhar, com clareza, o movimento de suas receitas e despesas, deixando mais fácil analisar e controlar cada um dos seus gastos. Sem essa visão clara do seu financeiro, não há como diagnosticar a saúde do seu negócio.

É fundamental que a empresa tenha uma gestão financeira responsável e organizada. O ideal é que os sócios da empresa mantenham os gastos pessoais apenas com os seus pró-labores (que é uma espécie de salário estipulado em contrato).

Por que o planejamento financeiro é importante?

Como citamos na introdução deste texto, a falta de planejamento financeiro e, consequentemente, a falta de organização entre as contas pessoais e empresariais é a causa de muitas falências. 

Com o tempo de experiência que temos em consultorias e serviços contábeis, já conversamos com muitos gestores, e conhecemos empresas que tinham grande potencial de crescimento, mas que tiveram o sucesso interrompido por causa da falta de educação financeira.

Portanto, o planejamento financeiro e a separação das finanças é importante para:

  • Manter uma boa gestão;
  • Ter uma visão clara da situação financeira da empresa;
  • Fazer um ótimo diagnóstico da saúde do negócio;
  • Desenvolver soluções assertivas para crescer profissionalmente;
  • Ter responsabilidade financeira;
  • Saber o quanto pode ter gastos pessoais.

Agora que você já entendeu a importância de separar as finanças pessoais e empresariais, vamos abordar sobre consciência e controle financeiro. Saiba como desenvolver essa expertise!

Como fazer um bom planejamento financeiro?

Imagem de uma pessoa colocando moedas dentro de um pote de vidro
Planejamento é a base das duas finanças

O primeiro ponto que vamos ressaltar é que você precisa sonhar grande, mas sem tirar os pés do chão. Não adianta a sua empresa começar a faturar bem e você já querer comprar uma casa nova ou trocar de carro, por exemplo.

Mantenha sempre uma autocrítica e entenda que para a sua empresa crescer, você não pode ficar usando dinheiro da empresa para contas pessoais. 

O controle dos gastos pessoais somado a um bom planejamento financeiro são pontos que irão ajudá-lo a entender sua real situação financeira, o que o permite gerenciar melhor os recursos e tomar decisões de acordo com suas aspirações de vida.

Quando sua empresa estiver totalmente estabilizada, com um faturamento alto e despesas em dia, então você pode conversar com o contador para aumentar o seu pró-labore e para fazer retiradas do caixa da empresa.

Lembrando que essas retiradas devem ser devidamente registradas para não comprometer o orçamento e as metas financeiras da empresa.

O ideal é que você também tenha os serviços de um profissional para receber consultoria financeira, o seu contador, por exemplo. O contador já tem uma visão bem clara das finanças da empresa e pode auxiliar no planejamento financeiro do seu negócio e também das finanças pessoais.

A Factor presta este tipo de consultoria, sendo um escritório especializado em contabilidade de empresas, mas também na consultoria financeira aos gestores. Você pode saber mais lendo o texto sobre os serviços prestados por um escritório contábil.

Planejar deve ser sua prioridade

Portanto, para fazer um bom planejamento financeiro, você deve registrar todos os dados financeiros da empresa e, a partir disso, desenvolver soluções e traçar metas de crescimento para o seu negócio. 

Além disso, deve contar com a consultoria financeira de um profissional qualificado e não sugar a empresa com gastos pessoais. Ok?!

Abaixo, separamos algumas dicas de planilha, aplicativos e conteúdos para ajudar você com o desenvolvimento da sua educação financeira. Confira!

Dicas para educação financeira e controle de gastos

Se você deseja controlar as suas finanças pessoais, pode contar com a ajuda de diversos aplicativos, planilhas do Excel e conteúdos (blog e canal no YouTube) que foram especialmente desenvolvidos para te ajudar nessa finalidade de educação financeira e controle de gastos.

Aplicativos

  1. GuiaBolso
  2. Meu Dinheiro
  3. Organizze
  4. Minhas Economias
  5. Mobills

Você pode encontrá-los na loja de aplicativos do seu celular e ter as suas finanças na palma na mão. Todos esses apps são excelentes ferramentas para o controle de gastos.

Planilhas

Se você é daquelas pessoas que gostam de manter os dados no computador e acha mais fácil de controlar as finanças pessoais dessa forma, as planilhas são as ferramentas perfeitas. É claro que você também pode acessá-las pelo celular a hora que quiser.

Baixe esse modelo do Google de planilha de controle mensal, é muito fácil de usar . Existem também outros modelos na internet e você pode criar uma planilha personalizada no seu programa de planilhas preferido. 

Conteúdos sobre educação financeira

O Blog Me Poupe! e o canal do YouTube Me Poupe! são referência em educação financeira na internet.

Tanto o blog quanto o canal do Me Poupe! são plataformas excelentes de conteúdos sobre educação financeira, organização de finanças pessoais e controle de gastos. 

Conclusão

Agora que você já sabe a importância de separar as contas pessoais da conta empresarial e como ter educação financeira, você pode colocar em prática as nossas dicas e obter ótimos resultados. Boa sorte!

Quer ajuda para desenvolver um planejamento financeiro e equilibrar as contas da empresa e pessoais?

1 I like it
0 I don't like it

Equipe Factor bio.